Hemodinâmica

Serviço de Hemodinâmica: avanços garantem mais eficácia

7 fev 2019 Noticias

Atualmente, é possível tratar a maioria das doenças do coração sem a necessidade de procedimento cirúrgico, com a utilização de cateter por meio de procedimentos minimamente invasivos. O setor da Hemodinâmica avançou e hoje possibilita ao paciente diagnóstico preciso e tratamento menos invasivo de doenças cardiovasculares.

img artériaAlém de doenças coronárias, como infarto agudo miocárdio, em que a Hemodinâmica desempenha papel decisivo, há também a possibilidade de tratamento de doenças congênitas do coração, e mais recentemente, problemas nas válvulas, as valvopatias.

Por que atividade física faz bem para a saúde?

“Nesse contexto, destaco a estenose aórtica, que consiste na dificuldade de abertura da válvula (por onde passa o fluxo sanguíneo). Se pensarmos em pessoas com risco maior para procedimentos cirúrgicos, como idosos, percebemos o importante ganho que as técnicas minimamente invasivas da Hemodinâmica trazem, viabilizando um implante de nova válvula por meio de cateter, sem corte, e com rápida alta hospitalar”, afirma Marcelo Cantarelli, coordenador do Serviço de Hemodinâmica do Grupo Leforte.

Veja como cuidar da saúde de seu coração.

A correção de uma insuficiência mitral, que é um grande vazamento nessa válvula, também pode ser feita com implante de clipe por meio de procedimento menos invasivo em pacientes em que uma cirurgia representa alto risco.

No setor de Hemodinâmica ainda são realizados procedimentos para o tratamento por cateter de arritmias cardíacas, com destaque para a ablação de fibrilação atrial, e de doenças vasculares periféricas e cerebrais, como o Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O serviço atua 24 horas por dia, com ampla disponibilidade para atendimentos de urgência e emergência, o que é imprescindível em ocorrências como o infarto e o AVC, em que o sucesso depende da rápida intervenção. Lembrando que estamos falando das doenças que, somadas, representam a maior mortalidade no Brasil.

 

Hemodinâmica de primeiro mundo

Aparelho de HemodinâmicaO Grupo Leforte dispõe de equipamentos de primeira linha para atuar na área de intervenção, e por ser procedimento que depende de imagem, é fundamental poder contar com equipamentos novos, com softwares atualizados.

Além de todos os aspectos positivos desses equipamentos, eles também possibilitam maior segurança às equipes clínicas e aos próprios pacientes, pois apresentam alta definição nas imagens, o que gera menor emissão de radiação.

“Os avanços na Hemodinâmica são muito importantes e rápidos, e nós, do Leforte, acompanhamos essa evolução mantendo um centro de alta complexidade, com parque tecnológico moderno, tratamentos e equipamentos de ponta, além de equipe médica altamente especializada para atuar nesse campo. Somos referência na área em todo o país”, reforça o médico.

Esse ano, a Hemodinâmica do Grupo Leforte completa 27 anos e alcançará 70 mil procedimentos realizados apenas na área da Cardiologia, com várias pesquisas publicadas em congresso e revistas científicas.

 

 

 

 

 


Dr. Marcelo Cantarelli

Dr. Marcelo Cantarelli

Coordenador do Serviço de Hemodinâmica do Grupo Leforte e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI).

 

Leia mais:

Conheça nosso Centro de Cardiologia

Cirurgia endovascular: saiba mais.

Search

+