Semana das crianças: O guerreiro Davi


Na semana do Dia das Crianças, vamos compartilhar histórias de resistência, dedicação, que provocam empatia e emocionam por duas razões principais: pelos exemplos de amor e por mostrarem a força de crianças na luta pela vida.

Para nós, do Hospital Leforte, cada uma dessas e tantas outras histórias que passam diariamente pelas nossas unidades nos dão ainda mais certeza sobre nossa missão: fazer o nosso melhor para cuidar de pessoas.

Conheça a história do Davi, de 4 anos, e sua luta pela vida desde quando nasceu.

 

 

Davi nasceu com um problema no coração. Sua primeira cirurgia foi quando completou 1 ano e cinco meses, e a recuperação ocorreu de forma gradual. Porém, mesmo com a melhora progressiva, os pais do Davi perceberam problemas em seu desenvolvimento. Ele mal conseguia falar, não se equilibrava quando ficava em pé, desenvolveu estrabismo.

“Foi uma época de vai e vem a hospitais. Ele já não comia direito e estava muito quieto. Num domingo, durante uma ida ao PS, uma tomografia mostrou que ele tinha um tumor na cabeça. Os médicos confirmaram que era mesmo câncer e que estava pressionando o cérebro. A cirurgia de extração precisava ser urgente”, contou a avó, dona Maruza da Silva.

A retirada do tumor, no fim de 2017, foi um sucesso.

No início de 2018, vieram as sessões de quimioterapia, e Davi precisou colocar uma espécie de cateter acima do peito para receber a medicação. Em agosto, ele foi encaminhado ao Leforte Oncologia, e começou a radioterapia na Unidade Liberdade. Ao todo, foram 30 sessões, e no fim de agosto, Davi recebeu alta.

“Meu neto faz aniversário na semana que vem. Ele aguentou firme, agora está aqui conosco. E sabe uma coisa que marcou muito no meio de tudo isso? O carinho e todo o suporte que tivemos da equipe do Hospital Leforte. No dia da alta do Davi, precisava ver a alegria da equipe que cuidou dele. Seremos gratos para sempre.”

O Davi continuará em acompanhamento. Ele ainda está com a imunidade baixa, mas aos poucos vem se recuperando. E na semana que vem, a família dele estará ainda mais em festa, comemorando os seus 4 anos.

 

 

Leia mais:

O que colocar na lancheira das crianças?

Saúde do coração da mulher

Hipertensão arterial

Search

+