Psoríase: o que é?

Psoríase: o que é?

Doença inflamatória crônica da pele, a psoríase atinge igualmente homens e mulheres, e se caracteriza pelas manchas descamativas na pele, de cor rosada ou avermelhada e aspecto esbranquiçado (são chamadas de placas). Pode surgir em qualquer idade, principalmente entre 30 e 50 anos e na infância.

Ela é multigênica (vários genes envolvidos) e a predisposição familiar é considerada um importante fator de risco. Além disso, clima muito frio, falta de exposição da pele ao sol, estresse, ingestão frequente de bebida alcoólica, uso recorrente de alguns tipos de corticoide e anti-inflamatórios e fatores psicológicos podem ser gatilhos ou agravar o quadro.

Pode haver melhora e recaídas no quadro de psoríase, e as mudanças podem ocorrer por diversos fatores. Segundo especialistas, é bastante frequente chegarem aos consultórios casos de pessoas com relatos de piora devido ao estado emocional.

As regiões do corpo mais afetadas são cotovelo, planta dos pés, palmas e costas das mãos, joelhos e couro cabeludo. A lesão pode ser bastante localizadas, como unhas e mãos, como se alastrar para o corpo. A psoríase eritrodérmica, por exemplo, pode acometer cerca de 70% do corpo.

também casos em que a psoríase afeta as articulações.

Psoríase: o que é?

Tratamento constante

É doença de evolução crônica, não tem cura nem prevenção, mas pode ter sua reincidência controlada. Na maioria das vezes, os casos apresentam lesões de leves a moderadas, com tratamento tópico (soluções ou pomadas para passar na lesão), boa hidratação local e exposição ao sol. Banhos de ultravioleta A e B também são recomendados. E há situações em que é necessário combinar medicamento de uso oral.

Independentemente da gravidade, é indispensável acompanhamento de médico especialista.

 

 

Combate ao preconceito

Mesmo não sendo transmissível, a psoríase provoca sofrimento emocional, porque quem é acometido pela doença enfrenta preconceito. Muito pelo aspecto das feridas (escamosas e esbranquiçadas). Por isso, há um desconforto por parte dos portadores, que sofrem com afastamento social.

Search

+