O Leforte é o Hospital Oficial do GP Brasil de F1

O Leforte é o novo hospital oficial do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que acontece em 12 de novembro no Autódromo de Interlagos. A partir de 2017 a instituição será responsável pela retaguarda médico-hospitalar oferecida aos pilotos e suas equipes durante o evento.

Com padrões internacionais de atendimento e equipes médicas capacitadas para situações de alta complexidade, o Leforte tem expertise em grandes eventos esportivos. Entre eles, a Le Mans – 6 Horas de São Paulo (prova oficial da Federação Internacional de Automobilismo – FIA) e o L’Étape Brasil by Le Tour de France, maior evento de ciclismo amador da América Latina.

“A parceria com a F1 é a realização de um grande sonho. Anunciar que o Leforte é o hospital oficial da mais popular modalidade de automobilismo do mundo representa uma imensa felicidade para todos nós”, declarou Rodrigo Lopes, CEO do Leforte.

(esq. p/ dir): Dr. Mário Lúcio Baptista, Diretor Clínico do Leforte; Dr. Dino Altmann, Diretor Médico do GP Brasil; Tamas Rohonyi, promotor do GP Brasil; Dr. Marcelo Medeiros, Diretor de Relacionamento Institucional; Claudia Ito, CEO do GP Brasil; e Rodrigo Lopes, CEO do Leforte.

O Leforte levará para Interlagos um Medical Center equipado com 2 leitos de UTI, 3 leitos de emergência – sendo um exclusivo para o tratamento de queimaduras –, farmácia, banco de sangue, laboratório de análises clínicas e equipamentos para exames de imagem. O Medical Center também contará com um posto de atendimento ambulatorial com 4 leitos e uma clínica oftalmológica.

Para o Dr. Mário Lúcio Baptista, Diretor Clínico do Leforte, “ter um hospital montado no GP Brasil da F1 é uma honra. Estamos muito animados e confiantes”.

Os atendimentos envolverão cerca de 30 médicos de várias especialidades, como neurologia, traumatologia, cardiologia, ortopedia, entre outras. O suporte será feito por 8 ambulâncias e um helicóptero especializado em resgate aeromédico. No total, a equipe do Leforte contará com mais de 120 pessoas, incluindo enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêuticos e socorristas. Toda a equipe será liderada pelo Dr. Dino Altmann, médico que atua no GP Brasil há 27 anos. “O Leforte é um hospital de excelência e isso ficou comprovado com o trabalho bem feito na Le Mans, em 2014”, afirmou o médico.

Search

+