Prontuários Digitais

Grupo Leforte torna os prontuários de seus pacientes totalmente digitais

28 mar 2019 Releases

Certificado digital traz mais segurança e sustentabilidade à iniciativa, que deverá incluir todas as unidades até o segundo semestre deste ano

O Grupo Leforte iniciou pela unidade do Morumbi a assinatura com certificação dos prontuários dos mais de 250 mil atendimentos que realiza todos os anos no local. A ação faz parte da estratégia de digitalização de seus processos e incorporação da cultura digital e de sustentabilidade.

O Leforte também avalia a possibilidade de digitalização e posterior descarte de todos os prontuários antigos. Um estudo nesse sentido foi iniciado após a publicação da lei nº 13.787/2018, no final de dezembro, que instituiu as diretrizes legais para a criação, guarda e manuseio desses documentos pelas instituições de saúde.

A expectativa é integrar todas as demais unidades do Grupo até o segundo semestre deste ano: os hospitais da Liberdade e Santo André, além das clínicas oncológicas de Higienópolis e Alphaville, pediátrica de Santo Amaro e as policlínicas de Alphaville e Cotia.

A inovação por parte do Grupo Leforte nesse processo de digitalização fica por conta do uso do certificado digital em nuvem – que não utiliza meios físicos, como cartões e/ou tokens – concedido a cada um dos 1.150 profissionais da unidade Morumbi. O prontuário é assinado por meio de uma identificação pessoal (PIN, na sigla em inglês), que dá validade jurídica aos documentos armazenados eletronicamente.

“Estamos sendo pioneiros na utilização do certificado digital em nuvem, que agiliza e dá segurança ao registro do prontuário eletrônico, sem a necessidade de impressão do papel e utilização de cartões ou outros meios físicos de identificação”, destaca Rodrigo Lopes, CEO do Grupo Leforte.

Ao longo dos anos, a instituição investiu em prontuário eletrônico do paciente (PEP) e conseguiu eliminar riscos como falha de entendimento das prescrições e laudos médicos por conta da grafia. Agora, com o certificado digital, é excluída a possibilidade de desgaste ou perda de documentos físicos que pode resultar em falhas de processos. Também resultará em forte economia de recursos: apenas na unidade Morumbi, a estimativa é de uma economia de 80% do papel consumido por ano.

Após o término da implantação do certificado digital em todas as unidades do Grupo, a digitalização dos prontuários será alvo de estudo para equiparar, em termos de autenticidade, o prontuário em papel de pacientes com o eletrônico. A nova legislação ainda permite que os prontuários originais sejam destruídos após análise de uma comissão de digitalização. Sem a necessidade de armazenamento, instituição e paciente devem ganhar também em agilidade, além de uma economia de custo.

Sobre o Leforte
Atualmente, o Grupo Leforte possui três unidades hospitalares que somam 620 leitos, sendo duas em São Paulo, nos bairros da Liberdade e do Morumbi, e outra em Santo André, no ABC Paulista. Também possui unidades especializadas em Oncologia, em Higienópolis, Alphaville e Osasco, e uma voltada para Pediatria, em Santo Amaro, além de policlínicas em Alphaville e Cotia. O Leforte é o Hospital Oficial do GP Brasil de Fórmula 1.

Search

+