Câncer e coração: “Cardioncologia na prática clínica”

Câncer e coração: “Cardioncologia na prática clínica”

23 out 2019 Releases

Publicação de especialistas do Grupo Leforte contará com lançamento no Rio de Janeiro e São Paulo

 

Num Brasil com tantas diferenças sociais e econômicas, onde muitas vezes não há infraestrutura de saúde suficiente ou condições de acesso a atualizações médicas, o termo cardioncologia chega a ser desconhecido pelos profissionais das duas áreas (cardiologia e oncologia) ou clínicos gerais.

Com o objetivo de atender a esta demanda e, ao mesmo tempo, proporcionar melhora no tratamento e na qualidade de vida dos pacientes oncológicos, o médico Cardiologista e coordenador do Serviço de Cardiologia do Hospital Leforte, Dr Heron Rached, lançará o livro “Cardioncologia na prática clínica”, no Rio de Janeiro, no próximo dia 24/10, durante o XXI Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica. Na sequência, a obra também será apresentada ao público em São Paulo, no dia 29/10, na Galeria Proarte.

“Nosso propósito é atualizar e conduzir a cardioncologia de forma acessível,  principalmente para médicos que atuam como clínicos em regiões mais remotas e que acabam não tendo tempo de buscar atualizações nesta área, hoje restrita a cardiologistas e oncologistas”, destaca o Dr. Heron Rached, que atua como um dos coordenadores-autores da publicação.

Apesar da abordagem já tradicional em alguns grandes centros, a cardioncologia  ainda é pouco difundida no Brasil. A avaliação do impacto da cardiotoxicidade (efeitos da terapia oncológica sobre o coração) é restrita no País. Consensos internacionais apontam que aproximadamente 30% dos pacientes que conseguiram sobreviver ao câncer deverão apresentar algum grau de cardiotoxicidade, ou seja, algum tipo de problema na área cardiológica. A América Latina pode vivenciar um aumento de mais de 90% em novos casos de câncer até 2035, devido a fatores como o envelhecimento e o crescimento da população, segundo a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC).

Por estes motivos, o livro apresenta de forma didática, rápida e clara as informações imprescindíveis sobre os efeitos do tratamento oncológico em pacientes cardiopatas, buscando auxiliar o profissional na tomada de decisão pelo melhor tratamento ao seu paciente.

A publicação também aborda importantes características das drogas quimioterápicas, tipos de radioterapias e impactos no sistema cardiovascular, além de particularidades das interações farmacológicas e do atendimento das situações de emergência em pacientes cardiopatas com câncer, ou oncológicos, com manifestação aguda da doença cardiovascular.

 

Lançamentos “Cardioncologia na prática clínica”

24/10/2019 – Rio de Janeiro

XXI Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica

Windsor Oceânico Hotel

Endereço: R. Martinho de Mesquita, 129 – Barra da Tijuca,

Horário: 15h30

 

29/10/2019 – São Paulo

Galeria Proarte

Endereço: Al. Gabriel Monteiro da Silva 1644

Horário: 20h

 

Ficha técnica

Título – Cardioncologia na prática clínica

Coordenadores-autores: Heron R. S. Rached, Miguel Antonio Moretti, Marcelo Dantas Tavares De Melo, Maria Verônica Câmara dos Santos e Rodrigo Santucci

Editora: Manole

1ª edição – 2010

Páginas: 461

 

Perfil: Dr Heron Rached – Cardiologista e coordenador do Serviço de Cardiologia do Hospital Leforte

Possui residência médica em Cardiologia Clínica pela Real e Benemérita Sociedade Portuguesa de Beneficência. É médico especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC); médico especialista e membro titular do Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR). Fez estágio em Ecocardiografia pela University of Alabama at Birmingham (UAB), Estados Unidos, é doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Médico Coordenador do Núcleo de Cardiologia e Pneumologia dos Hospitais Leforte, em São Paulo (SP), possui MBA em Gestão em Saúde pelo Insper, também na capital paulista. Possui, ainda, título de habilitação em Ecocardiografia pelo Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

 

Sobre o Leforte

Atualmente, o Grupo Leforte possui três unidades hospitalares que somam 620 leitos, sendo duas em São Paulo, nos bairros da Liberdade e do Morumbi, e outra em Santo André, no ABC Paulista. Também possui unidades especializadas em Oncologia, em Higienópolis, Alphaville e Osasco, e uma voltada para Pediatria, em Santo Amaro, além de clínicas em Alphaville e Cotia.  O Leforte é o Hospital Oficial do GP Brasil de Fórmula 1.

 

Search

+