Menina com tranças sendo atendida por uma médica de jaleco e de costas

O atendimento pediátrico do Leforte Liberdade e a implantação do serviço telemedicina no Grupo

Durante a pandemia provocada pelo Coronavírus, o Grupo Leforte concentrou o atendimento dos pacientes com suspeita e diagnóstico confirmado de Covid-19 no Hospital Leforte Liberdade, contando com um fluxo de atendimento totalmente separado, com espaços físicos e equipes exclusivos para esses casos – que são isolados dos demais setores. Em função disso, o atendimento pediátrico da Liberdade foi transferido, temporariamente, para Hospital Leforte Morumbi a fim de garantir mais conforto e segurança para as crianças e os seus responsáveis.

Nosso objetivo é sempre proporcionar a melhor experiência em atendimento pediátrico com qualidade e segurança. Tanto para a criança quanto para o familiar dela”, diz a Dra. Talita Rizzini, coordenadora da Pediatria do Leforte Liberdade. A transferência para o Leforte Morumbi atende a todos esses critérios, explica a Dra. Talita, pois a unidade tem um setor completo de pediatria faz mais de 12 anos.

A médica informa que a mudança da pediatria do Leforte Liberdade para o Morumbi começa a valer a partir do dia 20 de abril de 2020. Desta data em diante, os pacientes pediátricos que ainda forem até o Hospital Leforte Liberdade para serem atendidos, serão levados até o Leforte Morumbi por serviço de transfer fornecido pelo Hospital. Se for um caso grave, o paciente contará com ambulância.

Telemedicina no atendimento de pediatria do Grupo Leforte

Outra novidade do Grupo Leforte para a área de pediatria é a implantação do serviço de telemedicina. Dr. Hassan Neto, gerente das Clínicas do Grupo, está à frente do programa e conta que a unidade Kids Leforte, em Santo Amaro, participará do piloto de implantação.

A telemedicina traz um grande benefício para os responsáveis pelo paciente pediátrico, pois eles não precisam se deslocar, muitas vezes sair do trabalho para levar a criança até o consultório médico. Por exemplo, as consultas que eram somente para o acompanhamento do paciente, o recebimento dos exames para confirmar diagnóstico e prescrever tratamento, ou a simples renovação de receituário de medicamentos poderão ser feitas à distância, por atendimento remoto”, explica o médico.

Para isso, os responsáveis pelo paciente serão orientados a instalar um aplicativo disponibilizado pelo Grupo Leforte que dará acesso a uma plataforma especificamente para telemedicina. Ela poderá ser acessada tanto pelo celular quanto por outros dispositivos, como laptop e tablet. O responsável fará o cadastro e registrará senha para garantir a segurança na hora da consulta por videoconferência. Além disso, o serviço de telemedicina permitirá que o médico possa:

  • Exames – enviar para o responsável pedidos de exames para o paciente;
  • Atestado – fornecer atestado médico, que será encaminhado para o e-mail do responsável;
  • Receita – enviar a receita dos medicamentos prescritos também para o e-mail do responsável. Essa receita terá uma autenticação eletrônica, que poderá ser checada pela farmácia na hora da compra.

“Ao acessar os canais de atendimento do Grupo Leforte, o responsável pelo paciente pediátrico saberá quais são os médicos disponíveis para atendimento na unidade onde a teleconsulta está disponível e faz o agendamento. Para que o responsável não esqueça da consulta, ele recebe vários lembretes: em data anterior, horas antes e também no momento agendado. Os lembretes são enviados via SMS, e-mail e também por telefone, em uma mensagem gravada”.

O Dr. Hassan conta ainda que o programa de telemedicina também contemplará os centros ambulatoriais das unidades hospitalares do Leforte Liberdade, Leforte Morumbi e Christóvão da Gama, além do Leforte Oncologia e do Centro Diagnóstico Alphaville.

Search

+