acidentes com as crianças

Enfim, férias! Como evitar acidentes com as crianças em casa


Tão aguardada pelas crianças, as férias podem trazer uma pitada extra de preocupação aos pais, tios, avós ou responsáveis pelos pequenos nesses dias. Não importa se a viagem é em família ou a temporada é na casa dos avós, sem os pais. Cuidado nunca é demais.

Durante o mês de julho, vamos trazer esse e outros temas relacionados às férias escolares, com dicas para ser um período agradável e seguro.

E começamos exatamente com o tema segurança.

Como ficam mais tempo em casa, os pais ou responsáveis precisam estar atentos com tudo que pode, de alguma forma, chamar a atenção da criança. Embora os cuidados mudem de uma idade para outra, deixar tudo que representa risco longe do alcance dela é o primeiro passo.

Selecionamos cuidados que precisam estar no dia a dia da casa que tem criança, principalmente nesse período de férias.

 

Cuidados para evitar asfixia

Nada de deixá-las correr com balas e chiclete na boca. Nem mesmo com qualquer alimento. A hora da refeição e do lanche deve ser sentada e quieta. Sabe por que? A asfixia é um dos principais motivos que levam as crianças ao pronto-socorro.

E quanto mais novas, mais perigoso é. Até os dois anos, costumam levar objetos à boca, e existe o risco de engolir e engasgar. No caso de bebês, ao deixá-los no berço, é importante certificar-se de que os protetores laterais estão presos e não há brinquedos soltos ao alcance, pois isso pode provocar asfixia.
 

Manobra de Heimlich

A manobra de Heimlich pode ajudar nos casos em que a criança engasga. Usam-se as mãos para fazer forte pressão no músculo do diafragma. A compressão provocará uma tosse, movimento que ajudará a expulsar o que está obstruindo a respiração.
 

 

Em casos de emergência procure o Pronto-Socorro.

 

Leia mais:

Primeiros-socorros em crianças: saiba como agir

Doenças sazonais mais comuns da infância

O que colocar na lancheira das crianças?

Search

+