Atenção aos sinais e prevenção do câncer de boca e pescoço


De acordo com Hézio Jadir Fernandes Junior, Coordenador da Oncologia Clinica do Leforte Oncologia, alcoolismo, tabagismo e falta de informação e de acesso ao serviço de saúde contribuem para o elevado percentual de diagnósticos tardios, e pode deixar sequelas nos pacientes. No Brasil os tumores de cabeça e pescoço mais frequentes são da cavidade oral e da laringe.

Por isso a orientação é de tornar habitual a observação de gengivas, mucosa jugal (bochechas) palato duro (céu da boca) e língua (principalmente as bordas), assoalho (região embaixo da língua). Rouquidão, dificuldade para engolir e sensação de um corpo estranho na altura do pescoço podem ser sinais de câncer de laringe.

Evitar o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo é uma medida de prevenção importante para o câncer de cabeça e pescoço.

Para 2018 o INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva) estima mais de 22 mil novos casos, 75% deles em homens.

 

 

Leia mais:

Você sabe o que é o Julho Verde?

Doenças sazonais mais comuns da infância

O que colocar na lancheira das crianças?

Search

+