A importância da terapia ocupacional

Afinal, o que a Terapia Ocupacional?

Por Natália Sales Correa, terapeuta ocupacional do Grupo Leforte

 

Todos os dias me colocam a explicar sobre a minha profissão:

“Mas o que o terapeuta ocupacional faz? Fica ocupando, né?”

“Terapia… ocupacional… você faz terapia, terapeuta!?”

“Ocupacio… o que? Fisioterapia ocupacional?”

“Terapia ocupacional… trabalha na área física e com idosos?”

“É uma mistura de psicologia com fisioterapia?”

Existem sim muitas respostas para definir o que é a “T.O”. Entretanto, o desconhecimento sobre a profissão ainda é o mais comum.

O terapeuta ocupacional é aquele que olha para as atividades da rotina humana e reabilita as rupturas. As rupturas se escondem nas dificuldades em realizar atividades do dia a dia, desde as simples, como escovar os dentes ou abotoar a camisa quando a coordenação motora não é mais a mesma; ou pegar um ônibus, já que agora ele pode andar sozinho; até as mais complexas, como aprender uma nova função, porque, em muitas situações, não será possível voltar para o antigo emprego. E até mesmo superar um processo difícil como permanecer em uma longa internação.

Usamos o nosso instrumento de trabalho principal, que é a análise da atividade, para olhar cada partezinha que compõe o todo e identificar onde é possível melhorar o fazer diário. Buscamos estratégias como o estudo do movimento e o desenvolvimento humano. Adaptamos dispositivos auxiliares para apoio e analisamos o contexto. Precisamos saber dos desejos, sonhos, planos, o que é significativo. E tudo isso visando sempre atingir a funcionalidade, a independência e a autonomia do sujeito, impactando na sua qualidade de vida.

 

terapia Ocupacional

 

O que me fascina na T.O. é essa nossa capacidade de ser um profissional tão humano, empático e criativo. É por isso que escolhi ser terapeuta ocupacional, para deixar que o meu subjetivo entre em contato com o do outro, e por meio da visão apurada para o mundo, eu possa ressignificar e transformar pequenos momentos, novas histórias e muitas vidas.

E mesmo em tempos líquidos, onde as coisas não são feitas para durar, quantas vezes forem necessárias estarei explicando minha profissão e me manterei na luta pela sua valorização. Somos poucos em número, porém primordiais para o fortalecimento do maior capital que temos: o capital humano.

 


Natália Sales Correa
Natália Sales Correa é terapeuta ocupacional do Hospital Leforte Liberdade – Grupo Leforte.

Search

+