LIBERDADE

O Leforte Liberdade foi fundado em 1945 pelo Dr. Domingos Lerario, médico formado pela Faculdade de Medicina da USP e cadastrado no CRM sob o número 024.

O então Hospital Antonio Lerario iniciou suas atividades na Rua Galvão Bueno, 257, no casarão que antes pertencia ao Conde  de São Joaquim.

Na década de 50, após ampliações de sua infraestrutura, a instituição teve seu nome alterado para Hospital Brasília, em homenagem à nova capital brasileira.

O nome Hospital Bandeirantes só veio em 1975, como lembrança aos desbravadores do Estado de São Paulo. Nas duas décadas seguintes, o Hospital Bandeirantes passou por um intenso período de reestruturações, que incluíram não apenas a ampliação de sua estrutura física, mas a aquisição de equipamentos e modernização de suas instalações

No começo dos anos 2010 a área total do Hospital Bandeirantes foi duplicada e seu parque tecnológico totalmente atualizado, o que fortaleceu a expertise da Instituição nas áreas de cardiologia, neurologia, ortopedia e oncologia.

A qualidade dos serviços do Hospital Bandeirantes foi atestada pela certificação canadense QMentum International, recebida em 2015 na categoria diamante, seu mais alto nível.

Em maio de 2017, após a união com a marca Leforte, o Hospital Bandeirantes passou a se chamar Leforte Liberdade. Hoje, somos um hospital de alta complexidade, capacitado a realizar procedimentos de qualquer porte: desde cirurgias cardíacas, oncológicas e neurológicas em vídeo 3D, até transplantes de medula óssea.

Nosso moderno Centro de Diagnósticos oferece diversas soluções de investigação e monitoramento de doenças, como tomografia, ressonância magnética, PET/CT, entre tantas outras.