LEFORTE - HOSPITAL OFICIAL DO GP BRASIL DE F1

Leforte é novo hospital oficial do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

O Leforte é o novo hospital oficial do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que acontece em 12 de novembro no Autódromo de Interlagos. A partir de 2017 a instituição será responsável pela retaguarda médico-hospitalar oferecida aos pilotos e suas equipes durante o evento.

Com padrões internacionais de atendimento e equipes médicas capacitadas para situações de alta complexidade, o Leforte tem expertise em grandes eventos esportivos. Entre eles, a Le Mans – 6 Horas de São Paulo (prova oficial da Federação Internacional de Automobilismo – FIA) e o L’Étape Brasil by Le Tour de France, maior evento de ciclismo amador da América Latina.

“A parceria com a F1 é a realização de um grande sonho. Anunciar que o Leforte é o hospital oficial da mais popular modalidade de automobilismo do mundo representa uma imensa felicidade para todos nós”, declarou Rodrigo Lopes, CEO do Leforte, durante coletiva de imprensa

“Quando pensamos na escolha de um hospital de referência para o GP do Brasil logo recebemos a indicação do Leforte e não tivemos dúvidas sobre a qualidade desta instituição”, afirmou Tamas Rohonyi, promotor do GP Brasil de F1.

O Leforte levará para Interlagos um Medical Center equipado com 2 leitos de UTI, 3 leitos de emergência – sendo um exclusivo para o tratamento de queimaduras –, farmácia, banco de sangue, laboratório de análises clínicas e equipamentos para exames de imagem. O Medical Center também contará com um posto de atendimento ambulatorial com 4 leitos e uma clínica oftalmológica.

Os atendimentos envolverão cerca de 30 médicos de várias especialidades como neurologia, traumatologia, cardiologia, ortopedia e diagnóstico por imagens. O suporte será feito por 8 ambulâncias e um helicóptero especializado em resgate aeromédico. No total, a equipe do Leforte contará com mais de 120 pessoas, incluindo enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêuticos e socorristas. Toda a equipe será liderada pelo Dr. Dino Altmann, médico que atua no GP Brasil há 27 anos. “O Leforte é um hospital de excelência e isso ficou comprovado com o trabalho bem feito na Le Mans, em 2014. Percebo entusiasmo por parte de todos do hospital e isso é gratificante, pois fortalece ainda mais nosso compromisso com o automobilismo internacional”, disse o médico.

Para o Dr. Mário Lúcio Baptista, Diretor Clínico do Leforte, “ter um hospital montado no GP Brasil da F1 é uma honra. Estamos muito animados e confiantes”.

Seguindo os padrões internacionais da FIA, o Leforte participará de uma série de treinamentos específicos. Os simulados, que envolvem equipes médicas e outros profissionais, acontecerão em 21 e 28 de outubro.

(esq. p/ dir): Dr. Mário Lúcio Baptista, Diretor Clínico do Leforte; Dr. Dino Altmann, Diretor Médico do GP Brasil; Tamas Rohonyi, promotor do GP Brasil; Dr. Marcelo Medeiros, Diretor de Relacionamento Institucional; Claudia Ito, CEO do GP Brasil; e Rodrigo Lopes, CEO do Leforte.

GALERIA DE FOTOS